Sorriso Gengival

16/08/2017

Drenagem Linfática - Dra. Elizete Da Cas - Dermatologia clínica, cirúrgica e estética

Um sorriso considerado bonito e estético depende de uma adequada proporção entre dentes, gengiva e lábio. Para uma melhor simetria, ao sorrir, o lábio superior deve mostrar em torno de três milímetros de gengiva. Exposições maiores que isso são conhecidas como o termo sorriso gengival. 

A prevalência nas mulheres é cerca de duas vezes maior que em homens.

O sorriso gengival pode ter causas congênitas ou adquiridas, sendo o encurtamento do lábio superior, a origem muscular, distúrbios hormonais, hiperplasia gengival, erupção dentária alterada e protuberância excessiva ou crescimento vertical da maxila as mais comuns.

Como o sorriso gengival ocorre quando os músculos da região dos lábios “abrem demais”, expondo excessivamente a gengiva, é possível diminuir esta abertura, controlando a ação destes músculos. 

Muitos pacientes acreditam que esta correção só pode ser feita através de cirurgia, porém isso é um mito! Com a ajuda da Toxina Botulínica é possível corrigir conseguir excelentes resultados.

Você já deve ouvido falar que o Botox® é um excelente tratamento para rugas, e deve estar curioso para saber como esta ferramenta de rejuvenescimento facial funciona para harmonizar o sorriso de quem expõe excessivamente a gengiva.

Na prática, a toxina botulínica para o sorriso gengival irá funcionar da mesma forma que é aplicada para combater as rugas: controlando a contração dos músculos.

No caso das rugas frontais na testa, este enrugamento ocorre por conta do nosso hábito de franzir a testa, e a toxina botulínica age nos músculos da região, diminuindo sua contração. Dessa maneira, a ruga não se forma mais, pois o músculo que provoca a tensão na região está com sua contração controlada.
 
Com uma pequena aplicação de cada lado da face, o músculo responsável por tracionar o lábio superior para cima e, consequentemente expor a gengiva em demasia, recebe um bloqueio químico e tem sua atividade diminuída.

O efeito dura de 4 a 6 meses e a aplicação pode ser repetida posteriormente.  Após esse período, o músculo volta gradativamente à sua contração normal, podendo-se fazer uma nova aplicação.

Lembrando que cada caso é particular e a indicação deve ser feita após a avaliação médica. Caso você queira saber mais sobre o assunto, estamos aqui para tirar todas as suas dúvidas. Entre em contato conosco por telefone, e-mail ou pelo nosso Whatsapp! 

Sorriso Gengival Sorriso Gengival